Viagem finalizada! 21 meses completados! De volta ao Brasil e a BH!

Holanda

País 2 (29/jul/15 a 06/ago/15) – A Holanda com certeza é um dos destinos prediletos de qualquer turista. Também pertence aos países baixos, ou seja, fica abaixo do nível do mar, e por isso desenvolveram bastante essa a area naval e off-shore. Talvez seja um dos motivos do surgimento da Shell, sendo há muito tempo uma das maiores empresas do mundo. Outras empresas conhecidas são a Heineken, Philips, Unilever, Ing, etc. Possuem a maior media de altura do mundo e para quem não sabe, foram os colonizadores da atual Nova Iorque, mas trocaram-na pelo Suriname, na America do Sul. Para quem gosta, aqui a maconha é liberada, compra-se nos coffee shop`s e fuma-se tranquilamente.

Rotterdam – cidade escolhida por abrigar um dos maiores e mais desenvolvidos portos do mundo. A cidade é completamente modernizada e otimizada com o porto dali. Possui metro, trem de superfície, ciclovia, calcada para pedestres, pista de corrida de rua, pontes moveis (para passagem de embarcações). A principal rua é a Witte de Withstraat, com bares e restaurantes para beber e comer 24h por dia.

TOP 3 ”coisas” para se fazer:

  • Porto de Rotterdam – O fato de sermos engenheiros portuários também nos deixariam falando bastante aqui mas tentaremos ser breves. Sua origem data dos anos de 1500, ou seja, quando o Brasil estava sendo “descoberto”. Durante os anos foram expandindo e hoje fazem obras portuárias parecerem fácil. Enquanto no Brasil demoramos em torno de 30 anos para fazer 1 eclusa (“elevador para navio”), eles demoram 5 para expandir, ou melhor, construir algo maior que qualquer porto brasileiro. Nessas horas não sabemos quem criticar, mas impressiona como no Brasil pensamos mais em atrapalhar os outros do que ajudar e prosperar juntos, pois com certeza apareceria alguém dizendo que tal empresa/pessoa fora beneficiada, que o impacto ambiental é imensurável, etc. Aqui eles fizeram um coleta dos fosseis encontrados, montaram uma espécie de museu, criaram uma praia com direito a pratica de wind-surf, kite surf, e tudo em sintonia com o transito dos maiores navios do mundo! Enfim, desculpem-nos a empolgação mas precisamos mudar nossa mentalidade!!!
    Maasvlakte 2 - Expansão do Porto de Rotterdam

    Maasvlakte 2 – Expansão do Porto de Rotterdam

  • Witte de Withstraat – rua com varios bares, restaurantes e coffee shops. Aqui o “bicho” pega 24horas por dia e lembra bastante o estilo brasileiro.
    Witte - rua do agito

    Witte – rua do agito

     

  • Mercado – uma especie de mercado central com varios restaurantes e tipos de comida. Nao existe algo bem tipico mas os queijos sao bem famosos. Lugar bem limpo e a noite fica colorido. Interessante é que no mesmo prédio tem hotel e apartamentos para morar.
    Markthal

    Markthal

 

 

 

 

 

 

Roermond – cidade próxima a Alemanha que abriga um dos maiores festivais da Holanda e é pouco conhecido dos frequentadores de Amsterdam, o Solar Weekend. Festa durante 3 dias, com direito a camping, lago para praticar esportes e vários tipos de musica.

Solar Festival - uma das festas temáticas internas

Amsterdam – a melhor cidade da Europa! Pouco a dizer, apenas vá conhecer!Fique bem localizado e aproveite. O nome surgiu da junção dos nomes do rio e da barragem, Amstel e Dam (que nada mais é que barragem em inglês). A cidade tem museu, tem festa, tem cerveja, tem futebol, tem mulher atras das janelas no meio da rua, tem coffee shop, enfim, tudo!!

TOP 3 “coisas” para se fazer:

  • Red light district – na cidade antiga são as mulheres da “vida” que ficam atras das portas de vidro se oferecendo para as pessoas que passam por ali. Caso queira (50 euros), ela abre a porta, fecha a cortina e a cama está logo ali. Dizem que a historia começou com estudantes que vinham de fora e precisavam pagar o aluguel, dai começaram a se oferecer. E as grandes janelas e portas sempre foram de agrado dos holandeses, ou seja, elas juntaram o a necessidade ao util e agradável! (free, 2 h). Red light district

 

 

 

 

  • Praia – localizada a aproximadamente 40km da cidade, em Bleomendaal, é destino certo dos holandeses durante o verão. De segunda a segunda, desde que tenha sol, todos vão para lá. Tem vários bares, restaurantes, pratica de esportes, muita gente e vai até de noite. (free, dia todo)
    Praia de Bleomendaal

    Praia de Bleomendaal

     

 

 

 

 

  • Coffee shop – quem nunca experimentou vale experimentar, seja comendo um bolo ou fumando um cigarro. Voce nao esta fazendo nada ilegal ali. Fotos não foram liberadas pelo departamento de imagens!!(free, noite)

 

Delft – para quem aprecia tranquilidade e charme, está é a cidade. Poucos conhecem e quem nos indicou foi um nativo. Indicamos passar 1 ou 2 dias depois de passar por Amsterdam!Fica a aproximadamente 40km de Rotterdam. (free, 3h)

Canais de Delft

Utrecht – cidade a aproximadamente 40km de Amsterdam tem a tranquilidade e charme de Delft. Também indicada por um nativo é cheia de bares, restaurantes e canais. (free, 3h)

Canais de Utrecht

Zansee Schans – cidade a aproximadamente 25km de Amsterdam é a cidade dos moinhos. Interessante conhecer como os holandeses iniciaram tal tecnica e varias atividades eram posssiveis realizar atraves do vento, desde moer produtos como farinha, canela até cortar madeira para fazer vigas. Atualmente esses moinhos estao bem raros mas uma determida pessoa resolveu comprar varios e preserva-os até hoje para mostrar um pouco da historia. (free, 3h)

Moinhos de Zansee Schans

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Quer receber um e-mail com as novidades da nossa viagem?
Seja bem-vindo, {{name}}. Sair
×
Faça seu login
Não se preocupe. Nada será publicado sem sua permissão.
×